Património Cultural de Odemira

 

Planta do forte de Milfontes, 1621, de Alexandre Massai. Fonte: MC, Alexandre Massai, códice de Descripcaõ […], fl. 58, cópia de CCEN, fotografia de José Manuel Costa Alves.

O concelho de Odemira, na zona sudoeste do Baixo Alentejo, ocupa uma área de 1720 km2, sendo o maior município português em extensão territorial. Subdividido em 13 freguesias:Vila Nova de Milfontes, S. Luís, Longueira/Almograve, S. Teotónio, Boavista dos Pinheiros, S. Salvador e Sta. Maria, S. Martinho das Amoreiras, Sabóia, Colos, Santa Clara-a-Velha, Relíquias, Luzianes-Gare e Vale de Santiago, conta com cerca de 26.100 habitantes, distribuídos assimetricamente, com predominância pelo litoral.

Dotada de uma localização estratégica entre a serra de S. Luís e as faldas da serra de Monchique, a 20km da costa, Odemira teve no rio Mira a via natural de passagem e penetração para o Alentejo interior, o que fez dela um ponto estratégico cobiçado pelos vários povos que aqui viveram. O povoamento do concelho é bastante remoto, como o provam os numerosos vestígios de culturas anteriores à romanização.

Economicamente o concelho apresenta um forte peso no setor terciário, nomeadamente no turismo, mas o setor primário ocupa grande parte das atividades económicas, nomeadamente na agricultura, horticultura, pecuária e exploração florestal. A atividade piscatória artesanal e a pequena indústria estão também presentes, mas com menor expressão.

Este concelho, de grandes dimensões, apresenta grande variedade geográfica e panorâmica, com múltiplas culturas agrícolas e espaços florestais. O rio Mira, o Cabo Sardão, as dunas do Almograve, a zona de charneca, as serras, a barragem de Santa Clara-a-Velha, conferem um atrativo especial à paisagem do concelho.

A faixa litoral do município e o vale do Mira até à vila de Odemira integram o Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina devido à enorme riqueza dos ecossistemas e elevados valores ecológicos existentes, o que se deve, sem dúvida, para além da fraca pressão demográfica, aos modos de vida das suas gentes.

Adicionar novo comentário