7. Praia da Amoreira

7. Praia da Amoreira (N 370 21’ 06.2’’- W 80 50’ 33.7’’).

Na Praia da Amoreira desagua a ribeira de Aljezur, na qual se destacam as extensas áreas ocupadas por sapal com deposição de sedimentos finos. Esta praia protegida nos seus extemos por arribas rochosas (grauvaques e pelitos do Carbónico cobertos por areia e cascalheira do Cenozóico) com altitudes de cerca de 20 a 50 metros apresenta um campo dunar extenso que é progradante sobre o sapal. A praia com 450 metros de extensão é dissipativa e apresenta um extenso terraço de maré. A norte apresenta uma plataforma de abrasão rochosa com uma cobertura pouco espessa de areia de praia que contrasta com a maior acumulação a sul onde desagua a ribeira de Aljezur. A morfologia do campo dunar sofre influência da acção eólica e marinha com avanços e recuos relativamente à direcção do mar.

Figura 23- Imagem de satélite da Praia da Amoreira, a norte da ribeira da Aljezur, e da Praia de Monte Clérigo, a sul (Extraído do Google Earth).

Figura 24- Vista panorâmica da praia da Amoreira (vista de norte), onde se observa o campo dunar em recuo por efeito da erosão da praia emersa.

Figura 25- Sapal da ribeira da Aljezur, que para montante foram drenados para servirem de campos de cultivo (arrozal).

Adicionar novo comentário