1. Miradouro de Torre de Aspa

1. Miradouro de Torre de Aspa (N 37º05’47’’ - W 08º57’04,3’’)

Neste local é possível ter uma panorâmica de qualidade sobre o litoral a norte de Sagres podendo, em dias de boa visibilidade, avistar a costa até à zona da Arrifana. Para norte deste miradouro é visível a arriba muito inclinada, talhada nas formações turbidíticas de xistos e grauvaques de idade carbónica, as praias a desenvolverem-se nas zonas onde a arriba é intersectada pelas linhas de água e a extensa aplanação sub-horizontal, resultante da ação do mar, fundamentalmente durante o Pliocénico; a altura a que se observa atualmente esta unidade morfológica talhada pelo mar é o resultado das movimentações verticais do nível do mar e do levantamento tectónico a que a área esteve sujeita. No extremo norte da praia em primeiro plano, designada praia do Castelejo, é possível observar uma pequena unidade morfológica que fica isolada durante a maré alta, constituindo uma pequena ilha. Essa unidade morfológica encontrase talhada numa formação constituída por dunas consolidadas de idade recente (Holocénico). A largura da faixa de areia é muito variável, ao longo desta costa, estando na dependência direta do regime de agitação marítima.

Figura 1 - Vista para norte da Torre de Aspa. É visível o encaixe das praias na arriba talhada nas formações carbónicas, nas zonas das linhas de água e a aplanação resultante da abrasão marinha.

Adicionar novo comentário