Líquenes

Os líquenes são organismos muito simples que resultam da associação entre um fungo (o micobionte) e cianobactérias (o fotobionte) e constituem um testemunho vivo de como terá sido feita a colonização do meio terrestre a partir dos ecossistemas marinhos primitivos pois os micobiontes são fungos resistentes à dessecação mas que não sobrevivem na ausência de matéria orgânica. Por outro lado, os micobiontes são cianobactérias fotossintéticas cuja estrutura celular não lhes permite sobreviver em meio terrestre. Assim, da associação entre fungos e bactérias surgem organismos auto suficientes em meio terrestre que apenas necessitam de alguma humidade atmosférica e presença de substrato consolidado para subsistir.

A presença de líquenes nos ecossistemas costeiros está confinada ao andar supratidal em substrato rochoso onde formam povoamentos densos e estratificados que ocupam extensas áreas. A estratificação dos povoamentos dos fungos no supra-litoral está relacionada com a tolerância das espécies à salinidade pelo que, nas áreas mais próximas do limite da água marinha surgem espécies mais tolerantes à elevada salinidade como a Lichina liquenoides e a Verrucaria maura e as restantes espécies distribuem-se ao longo de um gradiente decrescente de salinidade.

Fichas de Espécie:

Espécie Ficha Foto Mapa Mapa
Calopaca
marina
Lichina
lichenoides
Ramalina
siliquosa
Verrucaria
maura
Xantoria
parietina

Adicionar novo comentário