Escala
Posicação do rato

Ilustração

project image

Descrição do mapa

Título
Cnidários 
Descrição
O grupo dos cnidários refere-se a organismos muito simples com algum grau de especialização interna como o desenvolvimento de uma cavidade gastrovascular com uma única comunicação com o exterior (boca), o desenvolvimento de tecidos fotossensíveis que lhes permitem captar luz e orientarem-se e o desenvolvimento de tentáculos que utilizam para imobilizar as suas presas e ingeri-las. A base do seu nome relaciona-se com as células urticantes que revestem o tecido dos seus tentáculos, os nematocistos. Estas células especializadas têm uma estrutura ciliar no seu interior que é disparada para o exterior quando existe um estímulo físico. Este cnidocílio penetra os tecidos externos dos organismos que estimulam as células dos tentáculos injetando poderosas neurotoxinas induzindo a sua morte. Durante a imobilização das presas os restantes tentáculos envolvem a presa e transportam-na em direção da boca introduzindo-a na cavidade gastrovascular, onde é digerida. Existem dois tipos morfológicos principais nos cnidários que se integram no ciclo de vida da maioria das espécies, o pólipo e a medusa. Os pólipos são tipos morfológicos sésseis (sem vida livre) que surgem encrustados nas superfícies rochosas podendo formar colónias muito numerosas ou surgir dispersos. Entre estes destacam-se os recifes de coral que surgem de povoamentos muito densos de pólipos. As medusas são vulgarmente designadas por alforrecas ou águas-vivas e são organismos que podem ser simples ou coloniais que desenvolvem uma campânula na extremidade anterior e dispõem os tentáculos e boca na extremidade posterior do corpo. Em algumas espécies a campanula pode contrair-se permitindo ao organismo deslocar-se na coluna de água, ou está coberta de cílios que se movem possibilitando essa deslocação, ou pode estar preenchida com uma vesicula gasosa que permite ao organismo permanecer à superfície deslocando-se passivamente por ação do vento e das correntes marinhas. As formas de vida livre dos cnidários desenvolvem tecidos fotossensíveis que se percecionam como pontuações oculares na campânula. 

Propriedades

Projeção
EPSG:3857 
Limites
-1153115.52369795856066048, 4430457.47555080428719521, -794402.99365603399928659, 4692477.33804833516478539

Contatos

Organização
CIMAL 
Contacto Pessoal
Rafael Encarnação 
E-mail
rafael.encarnacao (at) cimal.pt 
Telefone
+351269450110 

Esconder Informação